Rothenburg ob der Tauber – um bate volta imperdivel na Alemanha

Cidade tão pequenina com esse nome difícil que parece um palavrão. Dos filmes de conto de fadas, ali bem na minha fuça… E que cidade mais encantadora! Aliás, adoro o tema medieval. Ela também faz parte da famosa rota romântica, tão conhecida na Alemanha.

Tem cerca de 12 mil habitantes e recebe mais de 3 milhões de turistas por ano! Uma média de 8mil pessoas por dia visitando a cidade…  agora imagine como fica em períodos de alta temporada?

Caso não tenha intenção ou tempo de percorrer a rota romântica, sem dúvida vale a pena o bate volta nessa cidadezinha encantadora, ou pode inclui-la como ponto de parada entre uma cidade e outra.

Ela estava na minha lista e era o lugar que eu mais queria conhecer na Alemanha. Então demos um certo “rolê” para chegar nela, saímos de Furth/Nuremberg de trem, fizemos algumas baldeações e chegamos…. Não tinha transporte direto, ela fica mais isolada, é estação final de uma pequena linha de trem.  Esses tickets de trem regional na Alemanha são ótimos, vc pode usar esse ticket ilimitado das 9am até 1am ou seja, desce e sobe com o mesmo ticket, em quantas estações que quiser, desde que sejam os trens indicados no bilhete, e também compra para duas ou até cinco pessoas, no mesmo bilhete. O nosso custou cerca de 33 euros, compramos direto na máquina e na hora.

São cerca de 2h10 de trem de Nuremberg e 2h30 de Frankfurt. Chegando la, deixamos as mochilas no locker, e bora bater perna…

Rothenburg ainda é toda murada, e seu muro é uma de suas maiores atrações. Construído por volta do século XIII, o que se vê hoje em dia é, claro, uma reconstrução do muro antigo, já que a cidade não foi poupada durante a 2ª Guerra Mundial.

Várias torres da muralha dão acesso ao muro e pode-se dar uma volta completa ao redor de Rothenburg pelos seus 4 km de muralhas

Ficamos umas 5h na cidade andamos por cima da muralha e todo o centro velho.

É uma cidade que você faz tudo a pé, vai andando e curtindo as lindas construções beixamel, alguns becos, decoração inusitada… parece que você foi parar do nada na era medieval.

Ah, se estiver de carro, você pode entrar na cidade murada apenas para deixar o mesmo na garagem do hotel. Caso não tenha nenhuma reserva, há vários estacionamentos pagos onde deixar. Não há um controle rígido da entrada e saída de veículos, mas são ruas estreitas e sem lugar para estacionar ou transitar direito, muitas pessoas caminhando… deixe o carro paradinho e aproveite as pernocas!

Agora vamos aos principais pontos de visitação:

Plönlein – praça triangular (a mais famosa do Instagram) de onde é possível ver a torre Siebersturm (de 1385) à esquerda, a casa amarela no meio e o portão Kobolzeller Tor à direita

Praça do Mercado (Marktplatz) –nela ficam a Prefeitura (Rathaus) e Ratstrinkstube, que era a taverna do conselho regional. Aqui foi instalado em 1683 um relógio, que em algumas horas cheias tem uma pequena encenação de um bonequinho contando uma das lendas da cidade.

Museu do Crime e Punição Medievais (Medieval Crime and Punishment Museum)

Igreja de St Jabob e outras

Portões e torres das muralhas medievais

Käthe Wohlfahrt – maior loja de enfeites natalinos do mundo

Torre Branca (weisser Turm) é também chamada de “arco da forca”. Ela foi construída no final do século XII como parte da antiga muralha interna da cidade. Foi incendiada em 1945, e reconstruída tal como era e apresenta 33,5 metros de altura.

BURG TOR E BURGGARTEN – Numa das pontas da cidade fica, hoje, um belo jardim, de onde se tem lindas vistas das áreas ao redor de Rothenburg. Na Idade Média ficava aqui o castelo da família Hohenstaufen, e que foi destruído num terremoto que aconteceu na cidade em 1356.

Onde comer: Nós não queríamos parar para almoçar, pois preferimos andar bastante e comer mais tarde (sempre andamos com algum petisco, fruta na mochila). Próximo da praça do mercado, virando à esquerda, tinha um restaurante asiático bem bonitinho com comidas prontas e com preços ótimos (estilo prato feito). Foi ali mesmo que saciamos a fome… Mas há várias opções, já vi falarem muito bem das comidas de lá, e maioria fica próximo à praça principal (do mercado).

Ao final do dia, cansados mas muito encantados e satisfeitos, pegamos o trem regional novamente e seguimos para Frankfurt, nosso próximo destino. Chegando na estação já aproveitamos ali mesmo e jantamos um Mc Donalds, pois dali seria direto para banho e cama!

Quer mais dicas de bate volta, no Brasil e no mundo? Vou deixar os links abaixo dos meus blogs parceiros, com outras diferentes ideias e opções de bate volta!

Eu adoro essa opção para quando não temos muito tempo, quando é uma cidade pequena ou até mesmo se quiser economizar na hospedagem. O que não pode é deixar de ir! Confiram:

Bate e volta em Holambra: O que fazer em 1 dia

Explorando Santo Antônio do Pinhal em um dia

Roteiro Campos do Jordão: um bate e volta de São Paulo

Um bate e volta de São Paulo: Socorro

Um pulinho em Guararema – Bate e Volta a partir de São Paulo

Zaanse Schans: o melhor bate-volta de Amsterdam

 

 

30 comentários

  1. Ah, meu Deus, a própria cidade da Bela! Morri de amores. Eu, particularmente, gosto bem mais das cidadezinhas da Europa, do que as grandes metrópoles.

    Curtir

  2. Caminhar pelas ruelas medievais de pequenas cidades como Rothenburg é puro encanto!! Por Bate-volta ou com hospedagem, imperdível conhecer essa cidade alemã com suas muralhas!!!

    Curtir

    1. Ju, adorei o post! Que cidade mais linda! Adoro cidades medievais, muradas então, melhor ainda ! Pena que foi destruida, mas ainda bem que conseguiram reconstruir né? Não conheci a Alemanha ainda, mas já ouvi falar muito dessa rota romântica! Com certeza seu post deu mais vontade ainda de conhecer!

      Curtir

  3. Que linda é Rothenburg ob der Tauber!!! Fico tão feliz em ler textos assim! Me apresentam lugares tão belos que nunca ouvi falar e que só me dão vontade de explorar cada vez mais esse mundão de Deus! Adorei a indicação de passeios!!

    Curtir

  4. Pingback: Prefiro Mochilar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s