16 Destinos paradisíacos para conhecer no Brasil

Paradisíaco: adjetivo dado ao que lembra o paraíso; muito agradável, delicioso e encantador. Que se assemelha ou pertence ao paraíso. [Figurado] Que remete a qualquer lugar repleto de felicidade, onde há paz e sossego… um exemplo? Montanhas e praias paradisíacas. Paradisíaco é sinônimo de: edênico, magnífico, delicioso, celestial, divino.

Nosso país é sem dúvida o recanto dos paraísos. Tem lugar paradisíaco a perder de conta. Muitos ainda pretendo conhecer… os que já conheci não me esqueço jamais. Aliás, esse seria mais um sinônimo de paradisíaco para mim: inesquecível.

Conheça agora minha lista com 16 destinos paradisíacos para conhecer no Brasil:

{Planeje e sonhe agora, viaje depois. Fique em casa}

1. Manaus – Amazônia AM

A floresta Amazônica compreende os estados brasileiros do Acre, Amazonas, Rondônia, Amapá, Roraima e Pará, porem sua área legal ainda compreende também estados como Mato Grosso, Maranhão e Tocantis, além de países vizinhos.

Nós estivemos em Manaus e arredores. Sem dúvida foi um meus destinos favoritos no Brasil e recomendo a todo mundo! Pode ir casal, idoso, jovem, grupo, sozinho, com ou sem crianças. Para quem gosta de gastronomia, cultura, história, cidade, praia e natureza… Tem tudo lá! E você pode visitar o ano todo, porém se quiser evitar o período de chuvas, conhecido como inverno amazônico apesar de quente, vá entre os meses de Junho a Novembro.

2. Arraial d’Ajuda – Porto Seguro BA

Arraial d’Ajuda é um distrito baiano que pertence ao município de Porto Seguro. Você pode visita-lo o ano todo pois não há um período especifico de seca e chuva, pode chover em qualquer período, mas nada que atrapalhe sua viagem, são chuvas passageiras. Os meses de menor precipitação são agosto e setembro, e são também os “mais frios” com temperatura minima média de 19 graus.

É um vilarejo charmoso, centrinho bem bonitinho, praias e paisagens paradisíacas com falésias e piscinas naturais e o melhor de tudo: bem democrático, atende a todos os bolsos.

Para mim, as melhores e mais lindas praias da região são as Praias de Taipe e  Pitinga.

3. Arraial do Cabo RJ

Quem nunca viu ao menos uma foto desse lugar com as águas mais azuis alguma vez na vida? É realmente de tirar o fôlego, o famoso “caribe brasileiro”. Especialmente as Prainhas do Atalaia e Praia do Forno.

Arraial do Cabo é um município fluminense relativamente novo (1985), distante 164 km da capital Rio de Janeiro, e localizado na região dos lagos. É conhecida também por ser um dos principais destinos de mergulho do Brasil.

Apesar de ser um dos destinos mais cobiçados pelos brasileiros (e gringos), não há uma boa infraestrutura, não possui uma vila charmosa e nem opções de lazer além das suas águas azuis. Para aproveitar melhor sua experiencia nesse paraíso, evite feriados, finais de ano e finais de semana de calor. Se conseguir folga ou férias, aproveite e vá em dias da semana!

Os melhores meses para visitar essa região são abril, maio, setembro e outubro, pois tem menos probabilidade de chuva. O verão é bem chuvoso e tudo lotado! E, independente da época que escolher, prepara-se para água bem gelada e ventanias.

4. Canoa Quebrada – Aracati CE

Fica no litoral leste do Ceará a cerca de 162 km da capital Fortaleza, é conhecida como costa do sol nascente. A sua paisagem é caracterizada por dunas e falésias avermelhadas de até trinta metros acima do nível do mar.

Passou de um pacato esconderijo hippie, para um destino turístico de massa com filas de ônibus estacionados no verão. Devido a explosão turística em Jericoacoara, Canoa Quebrada virou apenas uma opção de bate volta a partir de Fortaleza. Mas eu recomendo fortemente que você fique ao menos 3 dias.

Os melhores meses para aproveitar esse destino sem chuvas vai de julho a dezembro, sendo os meses mais chuvosos entre março e maio. Agosto é alta temporada por lá: um mês de muito vento e suas praias são tomadas por wind e kitesurf, além de turistas europeus em férias.

Canoa Quebrada Ceará
Nascer do sol Canoa Quebrada

5. Caraíva – Porto Seguro BA

Mais um distrito baiano de Porto Seguro, com uma beleza e charme singular. É a mais linda vila da Costa do Descobrimento, tombada pelo Patrimônio Histórico com seus quase 500 anos. São apenas 72 km de distância do aeroporto de Porto Seguro, mas não se engane: você leva no minimo 2 horas de trajeto se for de carro em estradas de terra, bem movimentada, com curvas, trecho de balsa e passando no meio de outras vilas. De ônibus são mais de 4h de trajeto e se for alta temporada você corre o risco de viajar em pé.

Talvez devido a essa dificuldade de acesso que a torne tão especial. Vale a pena tudo isso? Eu digo que vale sim e muito. Um encontro maravilhoso do rio com mar, com a sombra dos coqueiros, o sol caindo.

A vila possui casinhas coloridas, música, forró, um clima bem alto astral, tudo “pé na areia” pois não é permitido entrada de veículos. Quanto aos valores, assim como tudo que é bom dura pouco, sua fama fez com que muita gente fosse em busca do paraíso escondido, encarecendo e muito o lugar.

Quanto ao clima, você pode visita-la o ano inteiro, em qualquer época poderá pegar sol e um pouco de chuva. O que muda é a dinâmica: nos períodos entre fim de ano e carnaval a vila se transforma, é festa todo dia, muita música, muita gente. Se for em outros períodos, provavelmente será beeeem sossegado.

6. Cunha SP

Cunha é uma estância climática no leste do estado de São Paulo, fica a 230 km da capital paulista e 320 km do Rio de Janeiro. É a terra dos ceramistas, com muitos ateliês espalhados pela cidade mas possui muitas outras atrações: cachoeiras, trilhas, turismo rural, boa comida, cervejaria e os famosos campos de lavanda. Eu gostei de tudo mas para mim a melhor atração foi a Pedra da Macela, de onde se tem uma vista incrível da baía de Paraty, Angra e Ilha Grande.

A melhor época para visitar a região é de maio a novembro, menor incidência de chuva e assim avistar os campos de lavandas floridos, porem depende da sua prioridade. A cidade possui tanto festival de inverno quanto de verão.

7. Florianópolis SC

A capital de Santa Catarina é conhecida como a ilha da magia. Possui mais de 40 praias, dunas de areia, trilhas e picos incríveis, distritos históricos, e até uma lagoa de água salgada (Lagoa da Conceição). Já fui duas vezes e pretendo voltar pois ainda falta muito para conhecer.

Melhor período para ir é de março a maio. Novembro e dezembro é calor, tem probabilidade de chuva mas ainda não é tão lotado. Do Revéillon ao Carnaval e demais feriados prolongados a ilha ferve de gente e o ruim de Florianópolis é o trânsito intenso. Se for nesse período, procure se hospedar na região/praia que deseja frequentar.

Os locais mais paradisíacos que visitei por lá foram: Ilha do Campeche (onde vivem os quatis), Praia Armação e Matadeiro, o incrível fim de tarde na Praia da Joaquina, além dos distritos históricos que são lindos.

8. Genipabu – Extremoz RN

O Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu engloba uma praia, um grande complexo de dunas, uma lagoa e uma área de proteção ambiental localizados no município de Extremoz, no estado do Rio Grande do Norte, distante apenas 20 km de Natal.

O ideal é fazer bate volta contratando um passeio em Natal ou mesmo de transporte público. Passar um dia lá já é suficiente, mas eu gostei muito mais do que Natal. Em Genipabu é tradicional o passeio de buggy pelas dunas, e tem também atividades de skibunda, kamikaze e aerobunda.

9. Ibitipoca MG

O Parque estadual de Ibitipoca é a grande atração, fica na vila de Conceição de Ibitipoca, município de Lima Duarte, em Minas Gerais. Em tupi-guarani, Ibitipoca significa “serra que estoura” pois há incidência de raios 6x maior que média mundial. Esta a 260 km do Rio de Janeiro e 450 km de São Paulo. O parque é pago e possui limite máximo de visitantes por dia, programe-se.

A melhor época para curtir o parque é entre os meses de abril e setembro, quando chove menos. No inverno a temperatura pode chegar a 0° e no verão 36°. O parque conta com três opções de circuitos: janela do céu (16 km), das águas (5 km) e pico do pião (11 km). O mais longo é o que deu fama ao lugar, o circuito da janela do céu.

10. Ilha dos Frades – Salvador BA

A ilha dos Frades é uma das 56 ilhas da baía de Todos os Santos, no município de Salvador. Um pequeno paraíso de Mata Atlântica com oito quilômetros de extensão, e praias de águas transparentes, mornas e tranquilas.

Você chega na ilha de catamarã, partindo do Terminal Náutico de Salvador (fica atrás do Mercado Modelo) num trajeto aproximado de 1h30, ou a partir do terminal marítimo de Madre de Deus que fica 52 km de Salvador e de lá pega um barco de 30 minutos. É um passeio comum de passar o dia todo, porem vi que há pousada também na vila.

11. Ilha Grande – Angra RJ

Localizada no estado do Rio de Janeiro na região da Costa Verde, Ilha Grande pertence ao município de Angra dos Reis. Esta a 150 km do Rio de Janeiro e 400 km de São Paulo, a Ilha Grande só pode ser alcançada de barco, que pode levar mais 1h20 em mar agitado.

Possui mais de 100 praias de águas verdes-azuladas, vegetação exuberante formada pela Mata Atlântica, e muitas trilhas cheias de aventuras. Os meses de menor precipitação são de abril a outubro, as chuvas são uma constante em Ilha Grande e aquelas praias incríveis de águas cristalinas você só vai encontrar com sol.

12. Ilhabela SP

É o destino mais procurado do litoral norte paulista, distante 207 km da capital acessível por meio de balsa. Costuma estar sempre lotada aos finais de semana de verão e feriados, a fila da balsa é um dos únicos contras do lugar.

Ela é famosa também pela enorme presença de insetos do tipo borrachudos. Caso pretenda visita-la não esqueça de forma alguma o repelente, que deverá ser reaplicado a cada duas horas, dependendo da época e localização. O repelente produzido pelos nativos (vende em vários locais lá) é mais eficaz, mas até chegar e conseguir comprar já esteja com o seu garantido, às vezes eles começam atacar na balsa.

Apesar disso, é uma ilha realmente bela como seu nome diz. São mais de 40 praias, cerca de 300 cachoeiras, muitas trilhas e paisagem típica de floresta tropical com muitos encantos. Eu já fui três vezes e pretendo voltar, não há borrachudo e fila que ofusque a beleza desse lugar. Minhas praias preferidas e paradisíacas são: Bonete, Castelhanos, Jabaquara

13. Jericoacoara CE

Essa vila de pescadores ficou famosa há alguns anos, era de difícil acesso porem agora já ganhou até aeroporto. Fica localizada no município de Jijoca de Jericoacoara a 300 km de Fortaleza. Ideal ao menos três dias na vila.

É rústica e muito charmosa, pé na areia mas possui boa infraestrutura para turistas. Recebe muitos gringos também, além de turistas brasileiros. Suas principais atrações são: duna do pôr do sol, pedra furada e lagoa do paraíso, mangue seco… Melhor época para visitar Jericoacoara é de julho a dezembro, praticamente não chove. Já os meses mais chuvosos são março e abril, evite.

14. Monte Verde MG

Monte Verde é um distrito do município de Camanducaia em Minas Gerais, fica localizado na Serra da Mantiqueira, bem na divisa com o Estado de São Paulo. Apesar de ficar em Minas Gerais, o destino está mais próximo de São Paulo do que da capital mineira. BH está a mais de 6 horas de percurso, já da capital paulista são cerca de 3 horas.

Possui o charme de cidades serranas como Campos do Jordão e Gramado, com as vantagens da culinária mineira – é uma combinação perfeita. É considerado um destino de inverno, mas pode ser visitado o ano todo, mantendo sempre temperaturas amenas inclusive no verão. De dezembro a março, é a época mais chuvosa do ano.

15. Pipa – Tibau do Sul RN

Pipa esta para o RN, assim como Búzios esta para RJ ou Jericoacoara para CE, entende? É um destino charmoso e atrai muitos gringos. Esta a 80 km de Natal e 110 km de João pessoa. Faz parte dos passeios de bate volta da capital mas não recomendo, você precisa ficar lá ao menos 2 ou 3 dias.

Possui belas praias, lindas falésias, mirantes e um centrinho movimentado. São 9 praias que formam o balneário conhecido como Praia da Pipa: praia de Tibau do Sul, onde deságua a Lagoa Guaraíras, Praia do Giz, Cacimbinhas, Madeiro, Baía do Golfinhos, Praia do Centro, Amor, Minas, Cancela e Sibaúma.

Assim como boa parte do nordeste, mesmo no inverno as temperaturas são altas e o mar quentinho. Você só precisa fugir dos meses chuvosos: março a junho.

16. Ubatuba SP

Mais uma paulista na minha lista, Ubatuba fica no litoral norte de SP a 220 km da capital, já fazendo divisa com RJ. É uma estância balneária e cerca de 80% do seu território esta inserido no Parque Estadual da Serra do Mar. São mais de 100 praias diferentes para você escolher, moldadas pela mata atlântica, além de muitas trilhas, cachoeiras e outras atividades para a família toda.

Para fugir dos meses mais chuvosos, mais frios e mais lotados (caros) prefira ir de abril a maio, ou setembro a novembro. Porém a cidade tem o apelido carinhoso de “Ubachuva”, então prepare-se para encarar precipitações em qualquer periodo que for.

Em feriados ou mesmo nos finais de semana de verão, o trânsito fica bem difícil. Para não se estressar e perder horas no carro, fique hospedado na região das praias que pretende conhecer. As minhas praias preferidas são: Puruba, Itamambuca, Félix e Justa… mas ainda há muitas para conhecer.

Se quiser ver mais sobre viagens e lugares incríveis, me siga no Instagram @sopensoemviajar. E para ver outros destinos paradisíacos no Brasil e no mundo, indico os posts dos blogs a seguir:

6 comentários

  1. Ju, seu post serviu pra lembrar que preciso viajar mais pelos nossos paraísos locais, conheço pouco deles, até agora.
    Mas, quando tudo isso normalizar, quero conhecer todos. Adorei o post.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ju, quanto destino paradisíaco nesse nosso Brasil, hein? Amei as escolhas! E acredita que não conheço a maioria? Quando essa pandemia passar tenho muito o que ver! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s