Polônia – Roteiro Wrocláw

Wrocláw (ou Breslávia), uma cidade que eu nunca tinha ouvido falar… Uma amiga que mora em Paris, sabendo que eu ia para Cracóvia, mencionou essa cidade e me enviou uma reportagem local dizendo que essa cidade foi destaque em turismo para 2018, era o novo destino queridinho europeu. Então, já que estariamos por lá mesmo… por que não? E olha só a real: essa cidade já estava na minha listinha do “quero visitar” mas ela tem dois nomes isso me confundiu, no meu mapa estava Breslávia e no artigo da amiga era Wrocláw. Então ela não poderia ficar de fora mesmo, afinal foi escolhida duas vezes!

É uma cidade linda, colorida, alegre, charmosa… sem roteiro especifico, pegamos o mapa da cidade e fomos percorrendo pontos turísticos e outros nem tanto. Fizemos tudo a pé e não usamos nenhuma vez transporte público local.

Roteiro Wrocláw –  três noites e três dias:

Praça do mercado Rynek: é linda, tem muita coisa ali à sua volta… é parecida com Cracóvia, mas gostei mais dessa, é mais alegre… Tem bares, restaurantes, museus, lojas, mercados. Artesanatos, músicos, artistas. Saindo dela vc também encontra umas ruazinhas charmosas e com diversas igrejas, explore!

Praça do Mercado Rinek

Mercado municipal: não é muito grande…Tem alguns produtos locais, vi doces e embutidos bem bonitos, mas o principal foi a comida:  num canto do mercado tem um restaurante, o único la dentro acho. Comida deliciosa, caseira e muito barata! Esse lugar achei bem característico, muitos locais e quase nada de turistas.

Ilha da Catedral (ilhota Wyspa Bielarska): atravesse  rio Oder pela charmosa ponte dos cadeados – Most Tumski. Ali existem diversos barzinhos sobre barcos, um parque, jardins… vá caminhando a apreciando. No bairro existe a formosa igreja Catedral, dentre outras igrejas, e também cafés, museus, e muitos outros prédios de arquitetura incrível.

Pontes dos cadeados e Ilhota da catedral

Caça aos gnomos… é sério! A cidade tem mais de 200 estátuas de duendes espalhadas pela cidade, e muita gente faz a caça! A história deles surgiu como um símbolo de movimento de oposição ao comunismo na década de 80, e tornaram-se ícone da cidade em 2001. Existe um mapa com as indicações e até aplicativo, as crianças adoram!

Parque Szczytnicki – não é muito frequentado por turistas pois fica mais afastado do centro. Fomos caminhando num domingo de sol. Lotado de famílias, crianças, turminhas, pessoas praticando esportes, tinha feirinha de antiguidades, alguns foodtrucks. La também se encontra um lago com fontes de show multimídia (alguns meses do ano), e o Centeniall Hall, um prédio grande circular usado como centro de exposições. O parque tem entrada gratuita, algumas cadeiras em volta do lago, um café e restaurante, é bem gostoso. Atrás dele tem o jardim japonês, nesse havia uma taxa para entrar, não lembro valor pois não entramos.

Galerias Dominican e Wroclavia – nosso foco não era compras, mas final da tarde/noite batia um friozinho e a gente entrava nas galerias para aquecer, ir ao banheiro… e ai que tinham algumas promoções e não resisti. Compramos umas pecinhas, detalho nos custos. Ah tsmbém aproveitamos um domingo e almoçamos na praça do shopping, pois íamos ao mercadão repetir a comida deliciosa do dia anterior mas estava fechado, fomos num self servisse desses internacionais, que tem um pouco de tudo e tava gostoso. Shopping lotado assim como aqui no Brasil.

Bom isso foi tudo que fizemos, mas se pesquisar e se tiver tempo, tem muito mais coisa nessa cidade encantadora! Para ter uma ideia, são mais de 100 pontes que atravessam inúmeras ribeiras, canais e ilhotas, aproveitem a vista e a beleza natural do rio Oder e toda a arquitetura linda da cidade.

GASTOS TOTAIS $$$: 64 euros por pessoa

  • Hospedagem: Wigwam Hostel duas noites em quarto coletivo – 17 euros por pessoa (140 zl)*valores referentes a cotação da época. É um hostel despojado, é grande são três andares, foi tranquilo e gostamos, não tão perto mas nem longe, fizemos tudo a pé.
  • Depois resolvemos ficar mais um dia e havia vaga numa suíte privativa, saiu + 12 euros cada (98zl).

*Segue link com recompensa de R$50,00 para vc economizar ainda mais, clica no link e na pesquisa digite o nome do hostel e suas datas (serve para qualquer lugar/reserva do mundo) e pode salvar para usar depois:

https://www.booking.com/s/35_6/jubiou65

  • Lavanderia no hostel: duas sacolas cheias de roupas = 2,5 euros (10zl)
  • Alimentação: 18 euros por pessoa (compras no mercado, Kfc, Mc Donalds, comida caseira no mercadão, almoço no restaurante do shopping e sorvetes)
  • Ônibus (flixbus) de Cracóvia para Wrocláw = 8 euros/pessoa
  • Comprinhas no shopping: 14 euros 55zl (uma calça e uma saia pra mim, um cinto e um sapatênis pro Lucas, tudo em promo… sério!!!)

Sem dúvida há inúmeros motivos para incluir Polônia e suas belas cidades no seu roteiro à Europa. Linda, atraente e ótimo custo!

Se tiver alguma dica, pergunta ou sugestão, envie para mim! Adooooro falar sobre viagens… afinal #sópensoemviajar.

3 comentários

  1. Eu tô morrendo de vontade de voltar à Polônia e conhecer outras cidades além de Cracóvia e Varsóvia. Achei um país muito interessante princialmente pela sua história.

    Curtir

Deixe uma resposta para bacortat Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s