PRIMEIRA VIAGEM INTERNACIONAL… O QUE LEVAR?

Arrumar a mala para passar um fds qualquer já é um transtorno (há quem goste), imagine uma temporada em outro país? Eu sempre penso que preciso de tudo e mais um pouco, e morro de medo de esquecer algo importante.

O que levar na mala, depende muito do país, estação e época para definir o que exatamente levar, mas há alguns itens imprescindíveis em qualquer viagem que podem otimizar tempo, dinheiro e evitar um perrengue. Anota ai!

Remédios – separe aqueles que já usa com frequência. Se fizer algum uso continuo leve o suficiente para durar viagem toda. Leve também um para cada situação emergencial que possa surgir: antialérgico, antitérmico, antiácidos, enjoo, antibiótico, reposição de flora, para o estomago, azia, fígado, pomadas. Sem exageros, mas uma caixa ou cartelinha de cada item pode ajuda-lo num imprevisto. Há farmácias no mundo todo mas há regras diferentes em cada país. Coloque numa necessaire transparente e leve de preferência na bagagem de mão (atenção aos líquidos que não podem ultrapassar embalagens de 100ml). Se possível, leve uma receita com todos esses itens que irá levar evitando problemas no aeroporto ou entrada de algum país. Eu passei por 14 países e não precisei da receita, mas já li alguns relatos.

Protetor solar e repelente – independente do destino e estação. Leve sempre. Ninguém comenta que tem mosquito na Europa, mas tem viu? Às vezes no meio da viagem surge um convite para uma trilha no meio da floresta, para acampar… enfim, eu acho totalmente necessário e usei em praticamente todas minhas viagens.

Capa de chuva e guarda-chuva – não leve aqueles gigantes, por favor!  Mas um pequeno na mochila junto com uma capa baratex podem evitar a volta repentina para o hotel ou desanimar de algum passeio.

Fotos 3×4 – para utilizar transporte público algumas cidades podem exigir uma foto para fazer algum tipo de passe ou carteirinha. Em Paris, por exemplo, há um passe semanal que exige a foto, caso não tenha la vc pagará 5 a 7 euros para fazer uma única foto. Além disso, se estiver fazendo uma viagem mais longa, sem roteiro específico, pode precisar também para requerer algum visto, algum formulário.

Documentos impressos e digitais – passar na imigração é um dos assuntos mais tensos quando vamos sair do país, principalmente se for a primeira vez não é?  Por isso importante levar comprovantes de passagens, hospedagem, seguro viagem e passeios impressos pois a maioria não permite uso de celular. No caso do passaporte, sugiro fazer também uma cópia digital e deixa-la prontamente no celular e email. Evite deixar tudo salvo apenas no celular, pode acontecer um imprevisto e se ficar sem ele, já era tudo? Por isso salve tudo que puder no email, nuvem, e onde mais quiser.

Moeda local e cartão de crédito – cada país tem sua regra quanto ao valor de dinheiro para entrar, por isso sugiro consultar sempre o consulado do país que irá visitar o quanto antes e se atentar para especificações. Além da moeda local em espécie, acho importantíssimo dois cartões de crédito de bandeiras diferentes (mastercard e visa, por exemplo), mesmo que não pretenda usar.  Há cartões sem anuidade, alguém da família/amigo pode pedir um adicional para você, ou peça no seu banco. Pesquise com tempo e escolha a melhor opção para sua situação.

Moneybelt ou doleira – é uma bolsa que carregamos junto ao corpo (um tipo de pochete fininha e com elástico), é importante para carregar dinheiro e passaporte. Pode comprar na internet, loja de bolsas e artigos esportivos. Para quem é de São Paulo, comprei a minha por 10 reais na famosa 25 de Março 😉

Carregador de celular, de câmera e baterias extras – é bem óbvio mas atente-se para não esquecer e perder tempo da viagem com isso! Quanto ao adaptador universal de tomada, é fato que a maioria dos países possuem interruptores de tomada diferentes dos nossos, mas procure descobrir antes a sua real necessidade. No meu mochilão pela Europa passei por 14 países e apenas na Irlanda precisei de adaptador, e como estava na casa da amiga, ela me salvou! Nos demais países, mesmo a tomada sendo diferente, meu carregador encaixava.

Toalha de banho e mantinha e/ou canga – alguns hostels cobram o aluguel desses itens, então de quebra já irá economizar uma graninha. Se for para um destino de praia, se for acampar, cachoeira, trilha pode precisar. Leve uma toalha pequena, de rosto mesmo, ou aquelas esportivas de alta absorção. Já a mantinha, ajuda numa viagem longa de madrugada, locais com forte ar condicionado, para forrar algum lugar caso precise deitar/sentar.

Tem mais dicas? Manda ai nos comentários, vamos todos nos ajudar e assim viajar cada vez mais…

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s